[Resenha] Então, conheci minha irmã

by 08:46 8 comentários
Autor: Christine Hurley Deriso
Titulo: Então, conheci minha irmã
Editora: Gutenberg
Ano: 2014
Páginas: 240

Sinopse: Então, conheci minha irmã - Summer Stetson não conheceu sua irmã. Sua mãe engravidou dela assim que Shannon morreu, aos 17 anos, em um terrível acidente de carro, que se chocou com uma árvore. Ao longo de sua vida, Summer acostumou-se a assistir seus pais repetirem o quanto a irmã era perfeita, amada e boa filha, e por isso sempre acreditou que fosse uma decepção para eles. Ao fazer 17 anos, recebe da tia de presente o diário que Shannon escrevia até o dia de sua morte. Ao ler aquelas páginas para saber mais sobre a irmã, acaba descobrindo alguns segredos, e a cada revelação, sobre a família e sobre si mesma, entende que a verdade pode ser, por vezes, dolorosa, mas nunca deixará de ser libertadora.

Incrível como a sua opinião sobre uma pessoa pode mudar. Isso foi o que aconteceu com Summer depois de ler o diário da sua imã falecida, Shannon.
Shannon era o tipo de garota que se envolvia em tudo que podia, tirava as melhores notas, era boa nos esportes, participava de diversos clubes, fazia trabalhos voluntários. Enfim, muito diferente da Summer, que não fazia questão de ganhar diversos prêmios por ser a melhor da escola, não praticava nem um esporte, e não era tão popular quanto a irmã.
Summer cresceu a sombra de Shannon, sempre era comparada com ela, e esse foi um dos motivos por querer ser tão diferente, queria ser ela mesmo. e por causa disso, acabou criando uma certa raiva da irma perfeitinha. Mas toda essa opinião viria por terra quando Summer ganha de aniversario de 17 anos da tia o diário da sua querida irmã. E ai que veremos que nem todo mundo aparenta ser o que é.
"Fecho o diário e respiro fundo. Quem é essa pessoa? Até cinco minutos atras, Shannon tinha tanta profundidade quanto uma das pessoas estampadas nas caixas de cereal... Era uma figura sorridente e cheia de conquistas em um recorte de papelão. Já a pessoa que escreveu este diário... essa detonadora de mães, sarcástica... essa pessoa é uma desconhecida" (p. 47)
Então, conheci minha irmã é uma leitura muita rápida de ler, autora escreve muito bem, e você não consegue largar o livro, querendo saber mais sobre um pedacinho da Shannon, o que aconteceu nos seus últimos meses de vida.
Claro, que a historia não centra somente nessas duas personagens. Somos apresentados aos pais das duas, a sua avó (que sinceramente me irritou bastante) e claro, ao meu melhor amigo (será que é só isso?) da Summer, Gibson, que ao contrario da nossa protagonista, ganha diversos prêmios e tira as melhores notas. Eles são completamente opostos em alguns aspectos, mas ainda conseguem lidar com as suas diferenças de uma forma engraçada.
Esse livros, nos faz refletir um pouco sobre o que esperamos dos outros, a pressão que colocamos nos nossos filhos, muitas vezes sem ligar para os seus sentimos, a pressão de sempre ser o melhor, de querer mais e de nunca admitir os nossos erros. Ele nos mostra também a forma como julgamos alguém somente por aquilo que ela nos mostra superficialmente. Tem pessoas que a nossa frente podem estar sorrindo, mas que por dentro, estão passando por um turbilhão de emoções. Nos mostra como as pessoas podem mentir, enganar para ter aquilo que querem, pessoas que são tão próximas de você, que não consegue acreditar que elas seriam capazes disso.
A unica coisa que tenho a reclamar do livro, foi a forma como as coisas aconteceram no final, achei muito rápido a conclusão da historia, quando terminei a ler a ultima parte do diário, fiquei me perguntando, já acabou? Talvez isso se deva ao fato de como a Shannon ter morrido de forma inesperada, fazendo com que o seu diário não tivesse sido concluído.
Não tenho a reclamar da diagramação e da revisão. E a Gutenberg sempre arrasando nas capas de seus livros.
Espero que possam aproveitar a leitura, como eu aproveitei. Boa leitura a todos.
"Balanço a cabeça e a apoio em seu ombro.
- Fico feliz que o tenha feito. Sinto como se conhece a minha irmã agora". (p. 191)

8 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigada Angelica, leia, vale a pena a leitura

      Excluir
  2. Deve ser muito legal este livro, eu não conhecia, fiquei com vontade de lê - lo.
    Beijos

    http://lovelyplacee.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super indico a leitura. Ela flui de forma bem rápida. Obrigada pela visita.

      Excluir
  3. Livro interessante, embora seja uma ideia hard e por vezes estranha ler o diário da irmã morta, mesmo assim genuinamente inovadora. Gostei :))

    http://lendoferozmente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior que foi estranha somente a sensação, de ela poder conhecer um pouco mais a irmã e não ter ela por perto.

      Excluir
  4. Já percebi que é um livro que tem várias lições para nossa vida. O comentário que você fez do final me deixou um pouco receosa. O desfecho de uma história é muito importante, e ele tem que ser muito bem elaborado.
    A história parece ser bem interessante e rápida de ser lida. Confesso que fiquei curiosa (:

    Brunna Carolinne - My Favorite Book - @MFBook
    myfavoritebook-mfb.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, tem muitas lições, somente achei o final corrido, mas isso talvez seja proposital, já que a irmã dela morreu de forma inesperada.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...