[Resenha] Um Caso Perdido

by 10:41 1 comentários
Autor: Colleen Hoover
Titulo: Um caso perdido
Serie: Hopeless #1
Editora: Galera Record
Ano: 2014
Paginas: 384

Sinopse: Às vezes, descobrir a verdade pode te deixar com menos esperança do que acreditar em mentiras...
Em seu último ano de escola, Sky conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro, ele conseguiu amedrontá-la e cativá-la. E algo nele faz com que memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de todo o trabalho que teve para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos e quando eles são revelados, a vida de Sky muda drasticamente.
 
Um aviso: sou suspeita para falar dos livros da Colleen Hoover. 
 
A autora da série Slammed deixou todo o seu lado dramático e sarcástico nesta nova série.
Em Um Caso Perdido acompanhamos a vida de Sky uma jovem que nunca frequentou a escola, sempre estudou em casa, logo ao lado de sua casa mora sua amiga Six que é uma garota muito extrovertida, alegre e é muito conhecida como a "vagabunda" da escola, por que será? kkkkk
As amigas além de ter uma super amizade ainda gostam de ficar com garotos que tenham amigos para terem boas histórias para contar uma a outra. Por influência de Six a Sky vai para a escola no último ano. A Six só esqueceu um pequeno detalhe: que ela iria para um intercâmbio.
Sua trajetória escolar e a partida de Six muda sua vida completamente e por ter uma amiga com uma fama duvidosa a deixa em mals lençóis na escola, como já dizia o velho ditado: Diga-me com quem tu andas, que direi quem és (mas não vamos generalizar). Não achei a Six tão "vadia", só um pouco, mas amei esse personagem.
A parte boa nessa grande confusão é o Breckin que é mórmon e gay e seu melhor amigo do mundo inteiro e um dos personagens que eu também gostei demais.

Em contra partida temos o misterioso Dean Holder que benza Deus é O HOMEM, não sei se quem já leu imaginou, mas eu achei ele parecido com o ator Jensen Ackles. Nos primeirs instantes ele é uma incognita na vida da Sky e na do leitor também, mas logo você percebe que a incognita na história toda é a Sky.

O Holder é um rapaz solitário por opção por que o que tem de mulher se oferecendo não é brincadeira. Ele é atraente ao extremo. Ao decorrer da história a Sky ven tendo uns sonhos estranhos que na verdade são flashes de mémoria e aí começa a origem do mistério.
Este livro não é só um NA, mas um tapa na cara da sociedade de certo ponto. O assunto foi abordado de um jeito delicado para que o publico não tivesse um choque imediato e a partir de alguns comportamentos que ela tem e dos flashes, você já começa a suspeitar do que se trata.
 
 
"Ficamos nos olhando, e, delicadamente ele alisa meu rosto com as pontas dos dedos, percorrendo todas as partes. Ele não desvia o olhar em instante algum e mantém os olhos grudados nos meus mesmo quando abaixa a cabeça para beijar os cantos dos meus lábios. A maneira como me olha me faz sorrir... tento procurar um adjetivo para completar esse pensamento, mas não encontro nenhum. Ele simplesmente me faz sorrir. É o único garoto que já se importou se eu estava ou não sentindo alguma coisa, e, só por isso, deixo ele roubar mais um pedacinho do meu coração. Mas não parece o bastante, pois de repente quero dar meu coração inteiro para ele." (pág. 223)
Eu fiquei chocada, fechei o livro por um estante e respirei fundo, fundo mesmo. Não chorei, mas meu coração sim.
A Colleen sabe o momento certo de fazer o leitor tremer na base e perder a sustentação dos pés, sua escrita é agradável e deixa o leitor super a vontade. Uma vez me disseram para ler esse livro com uma caixa de lenços ao lado, não precisei, mas para os mais sensíveis é uma boa dica. :D
Outro momento de grande drama e confusão na mente da Sky é quando descobrimos o significado do nome da série: HOPELESS.
Muita coisa está em jogo quando o quesito é família e claro que nossa percepção disso é que nosso porto seguro é nosso lar e este livro nos mostra duas percepções do que pode ser esse porto seguro.
O livro também possui muitas partes engraçadas que ficam encarregadas dos amigos da Sky. É um livro de experiências muito fortes e por ser um tema dessa magnitude tema esse que não irei citar, você terá que ler  a Galera Record fez questão de colocar a faixa etária de leitura no verso do livro.


Um comentário:

  1. fiquei curiosa, vou colocar na minha lista ;)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...